Ao Invés de Materializar os Desejos do seu Ego...

Muitas vezes possuímos certos desejos e acreditamos que isso nos fará bem, felizes e satisfeitos. No entanto, podemos confundir os desejos que vem da nossa alma dos desejos que vem do nosso ego. Se aquilo que deseja for um prazer fútil, passageiro, sem valor de crescimento e melhoria para seu ser, significa que é um desejo do ego. Mas se for algo que pode não lhe dar tanto prazer (para o ego), mas irá transbordar de alegria a sua alma... pois trará um aprendizado, uma experiência nova de alto valor, algo que enriquecerá a sua jornada... aí sim, aposte que isso realmente lhe fará muito bem.


Para distinguir se o desejo vem do ego ou da alma, é preciso muito autoconhecimento, muita intuição e conexão com a sua essência. Você saberá quando apostar as fichas e quando frear seus impulsos. Uma dica simples é aguardar uma semana após ter o seu desejo. Se após esse período você ainda estiver muito afim disso, pode significar que é algo importante. Mas, se mesmo assim, você tentar e não der muito certo, leve isso como uma experiência e aprendizado. Nada é perdido. Certamente algo foi vivenciado. Um erro só é um erro quando você não transforma em aprendizado e sabedoria.


Paula Teshima

Posts recentes

Ver tudo

Tudo o que você tem facilidade em fazer, tudo o que as pessoas ficam admiradas com o seu dom ou talento, todos os seus gostos por cores, roupas, números, decoração, corte de cabelo, música, conhecimen

Existe uma diferença na forma como os problemas surgem na vida de cada um. Há aquelas pessoas que vivem acomodadas, gostam de fazer sempre as mesmas coisas, não tem uma visão de um futuro próspero e f