Entenda de uma vez por todas por que os Relacionamentos são tão Complicados

Você já parou para pensar por que os nossos relacionamentos, seja amoroso, profissional, familiar ou de amizade, são tão problemáticos e complicados? Por que temos encontros e desencontros, amor e ódio, brigas, discussões, desentendimentos, ciúmes, invejas? 


Nós temos o lado emocional pouco desenvolvido, é o nosso lado frágil, por isso que a mídia só faz programas e propagandas voltadas para atingir o nosso emocional. A mente emocional não pensa, não raciocina, não analisa as coisas conscientemente. Então quando agimos emocionalmente agimos sem pensar, sem analisar se aquilo é certo ou errado, mas quando as coisas se acalmam, a mente consciente vem à tona e aí pensamos, analisamos e concluímos, na maior parte das vezes, que agimos da forma errada. 


Após anos de estudos pude chegar a seguinte conclusão: a principal missão do ser humano é evoluir, principalmente na área dos relacionamentos, porque essa área está ligada com as nossas emoções que precisamos desenvolvê-las. 

Como fazemos isso?

Se sentimos ciúmes é porque temos essa emoção dentro de nós. E se tudo começa primeiro dentro de nós para depois ir para fora, acabamos atraindo pessoas e situações que vão fazer com que aflore essa emoção de ciúmes, ou seja, o Universo, através da Lei da Atração, cria situações para fazer com que você possa trabalhar e curar suas emoções negativas. E o incrível é que quando você eliminar essa emoção de ciúmes que há dentro de você, não aparecerão mais situações que te deixarão com ciúmes, simplesmente porque não existe mais dentro de você. 

Então observe todas as emoções negativas que você carrega (raiva, tristeza, chateação, mágoa, inveja, ressentimento, carência, ciúmes, traição, baixa autoestima, vingança, inferioridade, se sentir superior aos outros…) e perceba que você acaba atraindo sempre as mesmas situações e pessoas que te levam a sentir essas inferioridades. 


Por isso, costuma-se dizer que, para atrair uma pessoa amorosa, carinhosa, educada, fiel, atenciosa… você precisa ter primeiro esses sentimentos dentro de você, aí aproximarão pessoas com essas características semelhantes à você. Mas se você sempre tem parceiros ou parceiras que te rejeitam, magoam, traem, não te dão atenção e carinho… é porque você é idêntico à essa pessoa. Você sempre vai atrair pessoas com essas características. O que você precisa fazer? Mudar ou trabalhar com essas emoções negativas, e, principalmente, parar de focar nos seus defeitos e elevar sua autoestima. 

Quando certos acontecimentos começam a surgir do nada, mostram que você precisa dar mais atenção à elas e que você não está vivendo a sua missão de vida. Mas quase sempre as pessoas ficam inconscientes e acham que as situações negativas são obras do acaso, da falta de sorte, de que o mundo se virou contra ela… e o pior de tudo é você não olhar as dores, doenças, problemas e sofrimentos com a visão de causa. Por que que essa dor ou problema está acontecendo comigo? Qual é a mensagem que isso está trazendo para mim? Qual é o erro que estou cometendo? O que tenho que mudar? 

O grande segredo que eu descobri no livro: “O Poder do Agora” do Eckhart Tolle, é que devemos tentar ficar mais conscientes. Parar de reagir emocionalmente e apenas observar as emoções que afloram nesses momentos críticos. Dessa forma, você pára de ficar julgando as coisas e as pessoas, você pára de colocar a culpa nos outros, você pára de deixar que a mente subconsciente o domine e, assim, você consegue sentir uma grande paz, alegria e satisfação que vem de dentro do seu próprio Ser. Esse livro realmente mudou a minha vida. Eu comecei a praticar seus ensinamentos e pude sentir breves impulsos de energia com uma sensação de satisfação, de plenitude… e que eu não sentia mais necessidade das coisas externas para me satisfazer. 

Temos o grave erro de transferir nossas responsabilidades para os outros. Quando você coloca a culpa em alguém, você se isenta da situação e você constrói o seu comodismo, ou seja, você se mantém na sua zona de conforto. Isso é “gostar” de sofrer e continuar no mesmo lugar. 

Inspire-se nas pessoas que encontraram a missão de vida delas, porque elas ajudam a mudar o mundo, ajudam a si próprio e acabam se tornando bons exemplos a serem seguidos.

Abraços,

Paula Teshima


São Paulo, 24 de outubro de 2016 

www.paulateshima.com

0 visualização

E-mail:

contato@paulateshima.com

Whatsapp:

(11) 99881.0280

Seg - Sex: 14:00 - 00:00

​​Sábados: 14:00 - 19:00

​Domingos e Feriados: 14:00 - 18:00

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
Para entrar em contato com a Paula ou sua equipe, utilize o formulário abaixo.

© 2009-2020 Paula Teshima - Todos os direitos reservados.