Por que Existem Pessoas que Amam Mais os Animais do que os Humanos?

Você conhece alguém que passa a maior parte do tempo com os animais, e esquece de se relacionar com outros humanos? Que ama e sofre muito mais pelos animais do que pelas pessoas? Entenda exatamente por que isso acontece e o que fazer para ter um equilíbrio nessa questão. 

Tudo aquilo que emanamos para os outros, sejam coisas positivas ou negativas, uma hora ou outra, acaba retornando para nós em forma de aprendizados, experiências ou desafios a serem superados. Essa é a lei da ação e reação. 

Como os animais não possuem karmas negativos a serem transmutados, e somente, karmas positivos, eles só fazem o bem para os outros. Isso é válido tanto para os animais domésticos, quanto para os animais selvagens que matam, atacam, brigam e são violentados. Pois, qualquer acontecimento faz parte do processo de evolução que a alma deles tem que experenciar para continuar evoluindo. 

Se, na maioria das vezes, os Pets só nos enviam vibrações positivas, não sentimos vontade de retribuir com vibrações negativas. Exceto nos casos em que nós estamos com emoções muito desequilibradas, e acabamos reagindo sem ponderação, sem discernimento. Ao invés de nos conectarmos com as energias sutis do Pet, acabamos nos identificando com as emoções densas do nosso ser. Geralmente, isso acontece de forma inconsciente e com pessoas que não conseguem controlar suas emoções. 

Apego aos Animais 

Existem pessoas que vivem ligadas aos animais, e que raramente se relacionam com humanos. E existem pessoas que vivem ligadas aos humanos, e que raramente se relacionam com os animais. São pessoas que vivem nos extremos da polaridade. O ideal é ter ponderação, enxergar quando se está passando dos limites, perceber suas falhas e desequilíbrios. Pois, tudo em excesso é prejudicial – tristeza demais não é saudável, assim como felicidade demais também não é saudável. 


Quando uma pessoa substitui a convivência humana pelos animais, pode indicar alguns problemas pessoais como, por exemplo, traumas, conflitos internos, baixa autoestima, problemas de comunicação… tudo relacionado aos seres humanos. Então, inconscientemente, a pessoa começa a conviver com os animais, percebe que são seres agradáveis, dóceis, meigos e, que, diferentemente dos humanos, não a faz lembrar dos seus problemas pessoais. 


Obviamente, existem pessoas que se relacionam bem com os animais e com os humanos. Mas, que acabam exagerando, criando como se fosse um filho, humanizando os Pets – roupas e acessórios extravagantes, festas de aniversário, maquiagem… coisas que trazem muito mais prazer para o dono do que para o Pet. É preciso lidar com o egoísmo, o apego, o orgulho, a baixa autoestima… 

Equilíbrio 


Se você estiver começando a estudar ou trabalhar em alguma área relacionada aos animais, é claro que ficará focado nisso e conviverá com vários animais por perto. Essa é a fase de desequilíbrio, que é necessário para se ter sucesso em qualquer coisa que desejamos. Após ter alcançado suas meta e objetivos, é preciso voltar ao equilíbrio, acalmar os ânimos e parar de focar tanto em apenas uma área da vida. 


O erro que muitas pessoas cometem é não terem a devida preparação para iniciar algum projeto, gastarem muito tempo e energia, não conseguirem sucesso, e continuarem focadas demais em algo que não dá certo. Ou seja, elas permanecem desequilibradas por muito tempo, mas para o lado errado. 


Enfim, o segredo para ter sucesso e ser saudável é: comece se desequilibrando focando bastante naquilo que você deseja até conseguir, e depois, volte ao equilíbrio focando nas demais áreas da sua vida. 

Se você conseguir dar atenção de forma equilibrada em todas as áreas – relacionamentos, trabalho, diversão, saúde e estudos, seu humor se tornará mais estável, aumentará sua energia pessoal e física, atrairá mais pessoas agradáveis e seus relacionamentos irão melhorar muito. Para isso, é preciso fazer a sua reforma íntima, curar as emoções inferiores da alma e entender que o amor excessivo pelos animais pode indicar limitações em outros traços da personalidade.


Abraços,

Paula Teshima


São Paulo, 23 de abril de 2017 

www.paulateshima.com

0 visualização

E-mail:

contato@paulateshima.com

Whatsapp:

(11) 99881.0280

Seg - Sex: 14:00 - 00:00

​​Sábados: 14:00 - 19:00

​Domingos e Feriados: 14:00 - 18:00

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
Para entrar em contato com a Paula ou sua equipe, utilize o formulário abaixo.

© 2009-2020 Paula Teshima - Todos os direitos reservados.