Por que Você Quer Abrir Sua Terceira Visão?

Geralmente, quando uma pessoa perde sua vitalidade, fica febril e ingere certas drogas que alteram sua percepção, ela começa a ter vertigens e alucinações, porque a sua energia, que antes estava distribuída de forma equilibrada por todo o seu corpo, começa a ir demais para o 6° chacra, abrindo a terceira visão. 


No entanto, isso também é possível de acontecer quando estamos sadios e conscientes. Basta se concentrar no chacra frontal e praticar exercícios para desenvolver a clarividência e outras faculdades psíquicas. 


Se você for fazer isso, o mais importante é se perguntar: "Por que quero abrir minha terceira visão? O que isso irá me proporcionar? Será que estou realmente preparado para isso?" Porque isso não é brincadeira. Se a sua intenção for para enxergar ou saber certas coisas para prejudicar os outros, se sentir superior ou tirar vantagem, ou seja, é uma finalidade egoísta e negativa, no final das contas quem irá se prejudicar é você mesmo. E se você não estiver preparado para lidar com aquilo que você irá enxergar, ouvir e sentir, sua vida irá virar um caos. Existem relatos de muitas pessoas que ficaram loucas após terem aberto sua terceira visão sem um prévio conhecimento. 


Agora, se você quer desenvolver seu terceiro olho com o intuito de ajudar os outros, ajudar a si próprio, sabendo o que está fazendo, sem se assustar em ver espíritos por aí, ver energias em tudo o que nos cerca, ter precognições e retrocognições, continue nesse caminho altruísta para ajudar as pessoas leigas e as que já nasceram com esse dom a lidarem melhor com suas faculdades mentais.


Paula Teshima

São Paulo, 5 de fevereiro de 2016 

www.paulateshima.com

0 visualização

E-mail:

contato@paulateshima.com

Whatsapp:

(11) 99881.0280

Seg - Sex: 14:00 - 00:00

​​Sábados: 14:00 - 19:00

​Domingos e Feriados: 14:00 - 18:00

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
Para entrar em contato com a Paula ou sua equipe, utilize o formulário abaixo.

© 2009-2020 Paula Teshima - Todos os direitos reservados.