• Paula Teshima

Quando Você Está no Caminho Certo...

Cara, você não tem noção do quantas coisas boas aconteceram depois que eu passei a seguir o Brendon Burchard. Quantas novidades, quantas oportunidades, quantas vontades, quantos aperfeiçoamentos (físicos, emocionais, mentais, intelectuais, habilidades)… Se isso irá também acontecer com você? Não sei, talvez sim, talvez não… o que eu sei é que você precisa encontrar o seu caminho pessoal.


Para mim, particularmente, tem sido maravilhoso! (Apesar das coisas ruins que aconteceram, mas reverti para algo muito bom). É como se eu tivesse encontrado a peça que faltava para encaixar tudo e fazer sentido.

Sem dúvida, aconteceu na hora certíssima! Exatamente quando eu precisava, para aproveitar e praticar o que ele ensina.

Para se ter uma ideia, pontos que mexeram na minha vida: yoga, caminhada, respiração, pausas frequentes, nutrição, planejamento e organização da agenda, meditação, inglês, diversão, alegria, produtividade, foco, mudar comportamento… e continua… 

A maior parte desses itens eu já sabia… havia aprendido com os mentores daqui… mas por que eu não praticava? Porque não sentia o quão importante isso é… porque eles não são especialistas nisso… eu fazia mais as práticas referentes àquilo que eles são especialistas. Essas coisas que o Brendon ensina ficavam em segundo plano. Então, não tinha motivação, não me inspirava em ninguém relatando que faz todas essas coisas e obtém resultados satisfatórios no dia a dia.

Parece que praticamente todas as minhas ações da minha vida toda esteve direcionada a isso. Como se eu estivesse, sem saber, me preparando para quando isso acontecesse. E isso vem desde meus 10 anos de idade. Não é de se esperar que o meu sonho desde essa idade era isso que está acontecendo, mas eu não sabia o que era, apenas tinha uma direção. Esse sonho era tão intenso quanto uma criança que fala que deseja ser médico, astronauta, piloto, bombeiro… e realmente se torna esse profissional bem sucedido. Ou seja, o meu sonho não era ter uma profissão específica ou reconhecida, nem constituir uma família, nem ter filhos, nem morar em tal lugar, nem ser rica… era um sonho que a minha alma sabia e tentou o tempo todo me redirecionar para isso através de dificuldades, dores, atrasos, doenças, etc. Acredito que, se aos 10 anos, eu tivesse consciência do que era, não iria entender… até porque eu precisava passar por todo o aprendizado que passei para entender e sentir a necessidade de ter esse desejo. Paula Teshima

São Paulo, 21 de junho de 2018 

www.paulateshima.com

0 visualização

E-mail:

contato@paulateshima.com

Whatsapp:

(11) 99881.0280

Seg - Sex: 14:00 - 00:00

​​Sábados: 14:00 - 19:00

​Domingos e Feriados: 14:00 - 18:00

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
Para entrar em contato com a Paula ou sua equipe, utilize o formulário abaixo.

© 2009-2020 Paula Teshima - Todos os direitos reservados.