Somos Seres Celestiais, Puros e Divinos

Somos seres celestiais, puros e divinos

Não devemos nada a ninguém

Somos assim como somos.


Trilhamos o caminho desta existência

Com altos e baixos

Percorremos a jornada da vida

Acertando e errando

Dando e recebendo

Indo e vindo.


Sem muito entendimento

Criamos a nossa realidade material

Mas será que estamos fazendo o certo?

Ou estamos nos guiando pelo nosso ego?


Suspiramos a cada minuto

Por aquilo que sonhamos e desejamos

Queremos o bem a todos

Nos tornamos bons cidadãos

Mas acabamos nos perdendo nessa ilusão material

Nos prazeres da vida

Na diversão, nas comidas

Ficamos na nossa zona de conforto

Fazemos aquilo que mais gostamos

Aquilo que nos sentimos confortáveis

Seguros e tranquilos.


Nos tornamos dependentes 

Viciados 

Da televisão, das novelas, dos filmes

E acabamos criando exatamente aquilo que não queremos.

Nos frustramos

Reclamamos da vida

Nos sentimos injustiçados

Perdidos, sem rumo

Sem propósito de vida

Atraindo mais e mais desgraças.


Nos vitimizamos

Culpamos os outros

Não nos responsabilizamos pelos acontecimentos

Fazendo a nossa raiz apodrecer

Brigando por qualquer coisinha

Atraindo mais situações densas

Vivendo um dia após o outro

Sem rumo, sem perspectiva.

Trabalhamos com aquilo que odiamos

Nos contaminando com a mente da massa

Prejudicando nosso corpo, nossa energia

Criando doenças, doenças, doenças

Ingerindo um monte de medicamentos químicos

Que acabam nos prejudicando mais do que a doença em si.


Até que o corpo físico não aguenta mais

Tantas emoções negativas

Tantas substâncias químicas nocivas

Tantas noites mal dormidas.


E o corpo físico morre

A alma não entende o que acontece

Fica apegado à matéria

Sofrendo, sofrendo, sofrendo

Vampirizando energias dos humanos

Vivendo na escuridão, na imundície.


Não aguentamos mais Decidimos fazer uma mudança Reconhecemos os nossos erros Pedimos piamente perdão Até que, finalmente, um dia

Um ser de luz aparece

E nos leva para planos mais sutis.

Assim é a vida

Com erros e aprendizados

Enquanto não houver o perdão

A nós mesmos e aos outros

Nunca iremos nos livrar de nossas doenças

Nunca iremos sutilizar a nossa alma

Para podermos retornar ao nosso verdadeiro lar. 


(Recebida Espiritualmente por Paula Teshima) 

São Paulo, 20 de agosto de 2017 

E-mail:

contato@paulateshima.com

Whatsapp:

(11) 99881.0280

Seg - Sex: 14:00 - 00:00

​​Sábados: 14:00 - 19:00

​Domingos e Feriados: 14:00 - 18:00

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social
Para entrar em contato com a Paula ou sua equipe, utilize o formulário abaixo.

© 2009-2020 Paula Teshima - Todos os direitos reservados.